Festival Cultura da Juventude Comunicadora marca Dia C em Natal

SAM_3084 - Cópia - Cópia

 Foto e texto por Alessandro Muniz, facilitador nacional da Renajoc. 

Em Natal – RN o Dia C – Dia Nacional da Juventude Comunicadora foi comemorado com a maior festa e alegria. Porque consideramos que fazer política e transformação social é também uma forma de celebrar outras realidades e expressões, manifestando nossa cultura. Por isso, fizemos o I Festival Cultural da Juventude Comunicadora da Escola Estadual Prof. José Fernandes Machado, conhecida como Machadão, no bairro de Ponta Negra.

O Festival, iniciativa do Projeto de Extensão Vir-a-Vila: Grupo de Comunicadores Adolescentes e Jovens da Vila de Ponta Negra (grupo que articula a Renajoc no RN) e da turma do 1º A do turno vespertino, animou aquela quinta-feira, 17 de outubro, com muita percussão, mostra de curtas, fotografias, música e dança circular, além de intervenções com os estudantes para eles expressarem suas opiniões sobre comunicação, direitos, perspectivas e o que pensam sobre a realidade que vivemos. O auditório da escola ficou lotado, contando com a participação de cerca de 50 pessoas, entre estudantes, professores e funcionários da escola. Durante o Festival a Escola recebeu um kit com todas as revistas Viração de 2010 a 2013. Mais dois kits serão entregues a outra escola estadual e a um projeto social da cidade.

Fez parte do Dia C também o lançamento do Cineclube Popular da Vila de Ponta Negra, um espaço de articulação audiovisual que espera mobilizar a comunidade para desfrutar da arte e cultura do cinema, como também debater, problematizar temas, ideias e realidades e promover ações de transformação social. Uma intervenção poética na praça principal do bairro marcou o início da sessão e em seguida os participantes escolheram entre três opções de filmes, ao estilo a la carte, entre eles: A Busca (Brasil, 2011), Besouro (Brasil, 2009) e Cidade de Deus (Brasil, 2002). O filme escolhido foi Besouro. A partir deste encontro, os participantes e outros interessados combinaram de se reunir para organizar um coletivo organizador do cineclube.

A perspectiva do Vir-a-Vila é articular e incentivar cada vez mais as ações nos campos da Comunicação, Educação e Cultura, mobilizando o bairro para caminhar com autonomia e se tornar um polo cultural da cidade. A Diretora do Machadão, a professora Lilian Santos, aprovou o evento e a ação, incentivando a sua continuidade. A expectativa é que o Festival se torne uma atividade permanente da escola, resignificando o espaço da escola como também um centro de cultura e expressão de ideias, opiniões e identidades. Esses e outros momentos se tornam espaços de articulação e expressão dos adolescentes e jovens da comunidade e da cidade, fortalecendo, também, a presença da Renajoc no local.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /var/www/html/renajoc.org.br/web/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273