Integrantes da Renajoc no Paraná vão executar projeto financiado pelo Ministério da Cultura

A articuladora da Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadores(as) – Renajoc na região sul, Juliana Cordeiro, juntamente com outra integrante da Rede no Paraná, Paula Nishizima, tiveram projeto selecionado pelo edital Comunica Diversidade 2014 – edição juventude. Elas vão mediar oficinas de educomunicação e direitos humanos para adolescentes e jovens do assentamento Contestado, localizado na cidade da Lapa (PR).

No texto do projeto, as autoras revelam que a intenção é contribuir com a formação do público-alvo com recursos de comunicação, sobretudo a fotografia, visando facilitar suas mobilizações sociais, discutir como a formação da identidade é influenciada pela mídia e contribuir para que estes e outros jovens reconheçam e valorizem os traços culturais de sua comunidade.

Foto: Isabella Mayer
Juliana_e_Paula-Por_Isabella_Mayer
As jornalistas Paula e Juliana já desenvolveram outros projetos juntas, como o videodocumentário “No Olho da Rua”, sobre a relação da população em situação de rua com com o consumo de informação.


A reação na hora do resultado

“A melhor coisa do mundo é você conseguir tirar ideias do papel. Quando visualizei o meu nome na lista dos aprovados de imediato agradeci a Deus. Foi um chororô que só vendo. Em seguida, liguei para quem não teve o nome publicado, mas tem sido fundamental nestas conquista, Paula Nishizima, que contribuiu com a escrita do projeto. Fiquei eufórica, pois demoramos uma semana para escrever todo o projeto e fazer as articulações para a carta de apoio. Tivemos alguns imprevistos, mas no fim, tudo deu certo”, relembra Juliana.

“Estou numa expectativa bem grande de começar a sentir o processo todo mesmo: escolher material de referência, planejar oficinas, executar, recolher feedback… Enfim, acho que vai ser uma oportunidade enorme pra vermos as coisas acontecendo na prática. E para os adolescentes, acho que a nossa vontade maior é que eles se reconheçam enquanto comunicadores também e percebam que a comunicação é uma ferramenta que, quando bem usada, pode ajudar a construir noções de cidadania”, comenta Paula, integrante da equipe que vai desenvolver o projeto.

O nascimento da ideia
Juliana conta que, em maio de 2014, realizou uma visita a um casal de amigos, Candieiro e Melissa Reinehr, da Associação Centro Cultural Humaitá, na Lapa (PR) e que, durante a conversa sobre novos planos de trabalho, acabaram tocando no nome da Escola Latino Americana de Agroecologia (ELAA), localizada dentro do Assentamento Contestado, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). “Foi então que pensei que seria legal entrar em contato com eles, a fim de organizar o Encontro Regional Sul da Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadores e Comunicadoras, no espaço da Escola”, explicou.

Infelizmente, por questões de logística e disparidade dos preços da passagem para trazer os integrantes da Renajoc que são de Santa Catariana e do Rio Grande do Sul para o Paraná, o evento acabou não sendo realizado no Assentamento. Entretanto, Juliana aproveitou os diversos momentos em que esteve em contato com a Simone Rezende, coordenadora pedagógica na ELAA, para articular a possibilidade do desenvolvimento de projetos de educomunicação junto aos adolescentes e jovens do assentamento. “Ao tomar conhecimento do edital Comunica Diversidade, apresentei o projeto ao setor pedagógico que nos apoiou e colheu as assinaturas dos jovens e adolescentes”, ressalta.

Foto: Diego H. da Silva
Assentamento MST
A Escola Latinoamericana de Agroecologia localiza-se no assentamento Contestado, do MST. O local já pertenceu ao grupo Incepa, empresa produtora de cerâmica que contraiu dívidas com bancos, e será um dos espaços onde ocorrerão as oficinas de educomunicação com os adolescentes.

Daqui pra frente
A equipe do projeto está aguardando retornos do Ministério da Cultura (MinC) para conseguir montar o calendário de oficinas. Acompanhe o site e o facebook da Renajoc para ter mais informações sobre o desenvolvimento do projeto!

Por Diego Henrique da Silva, da Renajoc no Paraná.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /var/www/html/renajoc.org.br/web/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273